Quem sou eu

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais
Uma mulher esquisita, que ninguém podia entender. Mas todos gostaram logo dela, porque era meio doida e meio santa.

domingo, 20 de dezembro de 2009

A Última Guerra

Duas luas sobre a Terra
Apoiadas nos meus ombros
Iluminam os escombros
Da nossa última guerra
Seu amor seca hidroelétricas
Corrompe os melhores diáconos
Seu amor esquenta os átomos
E rompe com a minha métrica
E a poeira
Não deixou de cair
Passeia aqui através de mim
E encontra assim o fim
E a poeira
Não deixou de cair
Passeia aqui através de mim
E encontra assim da guerra em nós o fim
Duas luas sobre a Terra
Apoiadas nos meus ombros
Iluminam os escombros
Da nossa última guerra
Seu amor justifica a crueldade
Troca o caminho do tempo
Seu amor muda o curso do vento
Ilumina toda a cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário